Ir para o Menu
Pesquisar a Base de conhecimento
Arcserve UDP: Servidor RPS
Número de Referência: AA-00577 Visualizações: 10461 Criado: 06-04-2015 16:24 Última Atualização: 20-10-2016 08:19

Referência Arcserve:
Centro de conhecimento Arcserve v6: http://documentation.arcserve.com/Arcserve-UDP/Available/V6/PTB/bookshelf.html

- Descrição:

Este artigo tem como objetivo descrever como efetuar a configuração de um servidor de ponto de recuperação (RPS) na console do Arcserve UDP.

- Convenções usadas neste artigo:

  • Agentless:
    Quando não é necessária a instalação do agente UDP.
  • Conjuntos de recuperação:
    É uma configuração de armazenamento onde um grupo de pontos de recuperação obtidos em backup, por um determinado período, é armazenado como um único conjunto.
    Trata-se portanto de um conjunto de backups, o qual inicia com um backup Full (completo) e é seguido de outros backups de tipo incremental, verificação ou completo.
    Quando o limite de conjunto de recuperação é excedido,  o mais antigo é excluído.
  • Nó:
    É um sistema físico ou virtual que contém os arquivos dos quais serão feitos os backups. O Arcserve UDP pode proteger nós do Windows e máquinas virtuais no VMWare vCenter/ESX ou no Microsoft Hyper-V Server.
  • Ponto de recuperação:
    Um ponto de recuperação é criado quando se faz backup de um nó. Os pontos de recuperação estão armazenados no destino de backup.
  • Redução da redundância de dados:
    Se refere ao processo de desduplicação dos dados protegidos.

  • Servidor do ponto de recuperação (RPS):
    É um nó de destino onde você instala o servidor. É possível criar repositórios de dados de um servidor do ponto de recuperação.

1. Pré-requisitos:

  1. Antes do início da configuração do servidor RPS você deve, obrigatoriamente, verificar os requisitos mínimos de hardware e software para o servidor RPS:

    Arcserve UDP: Pré-Requisitos de Hardware e Software (Servidor RPS):
    http://suporte.m3corp.com.br/article/AA-00572/0/Arcserve-UDP%3A-Pr%C3%A9-requisitos-de-Hardware-e-Software.html#RPS

  2. Também recomendamos fortemente que você efetue o dimensionamento de hardware do servidor RPS antes do início do processo.
     Para isso você pode utilizar uma das ferramentas descritas no artigo abaixo:

     Arcserve UDP: Dimensionamento de recursos
     http://suporte.m3corp.com.br/article/AA-00576

2. Cadastro do servidor RPS:

  1. Abra a console do Arcserve UDP (Iniciar > Todos os Programas > Console do Arcserve UDP) e informe as credenciais de acesso.
  2. Na console do arcserve, clique no menu “recursos”.
  3. Clique em “Destinos” > “Servidor de ponto de recuperação”.
  4. Clique em "Adicionar um servidor do ponto de recuperação".
  5. Digite os seguintes detalhes:



    • Nome/endereço IP do nó:
      Defina o computador que você deseja utilizar como servidor RPS.
    • Nome de usuário e senha:
      Defina o usuário e senha para que se efetue logon no servidor.

      NOTA:
      Use um dos seguintes formatos de nome de usuário: nome do computador, nome do domínio/nome de usuário ou nome do usuário.

  6. Configure as opções de instalação conforme sua preferência:



  7. Clique em "Salvar".
  8. Dependendo da opção escolhida, a instalação do agente do servidor RPS será iniciada:



  9.  Se você tiver selecionado a opção "Instalar/atualizar agora e reinicializar..." o servidor RPS será reinicializado automaticamente após a instalação, caso contrário, será exibida uma mensagem informando que a reinicialização é necessária antes de prosseguir.



  10. Prossiga abaixo com a criação do repositório de dados.

3. Cadastro do repositório de dados:

  1. Abra a console do Arcserve UDP (Iniciar > Todos os Programas > Console do Arcserve UDP) e informe as credenciais de acesso.
  2. Na console do arcserve, clique no menu “recursos”.
  3. Clique em “Destinos” > “Servidor de ponto de recuperação”.
  4. No quadro central, clique com o botão direito sobre o servidor RPS e clique em “Adicionar um repositório de dados”.



  5. Digite os seguintes detalhes:

    NOTA:
    Não é possível escolher a mesma pasta para os locais descritos abaixo.

    • Nome do repositório de dados:
      Defina um nome para o repositório de dados.

    • Pasta de destino do backup:
      Defina o local da pasta na qual o repositório de dados foi criado.


       IMPORTANTE:

      A pasta selecionada para o repositório de dados deve ser uma pasta vazia.

    • Tipo de compactação:



      Especifique qual tipo de compactação se deseja utilizar.
      A compactação ajuda a reduzir o tamanho de espaço em disco utilizado, mas também deve diminuir a velocidade do backup pois provoca um aumento no uso da CPU.

      É possível selecionar um dos tipos de compactação abaixo:

      • Sem compactação:
        Essa opção exige menos uso da CPU, proporcionando um backup mais rápido, mas resulta em maior espaço em disco usado para o armazenamento da imagem de backup.

      • Compactação padrão:
        Será realizada uma compactação padrão. É a opção mais recomendada, pois é a mais equilibrada entre o uso de CPU e ganho de espaço em disco usado.

      • Compactação máxima:
        A compactação máxima será realizada. Essa opção gera um maior uso da CPU e por consequência um backup mais lento, mas também pode reduzir o espaço em disco utilizado pela imagem de backup.

        NOTA sobre a compactação:
        -  Caso a imagem de backup tenha dados não compactáveis (como imagens JPG, arquivos ZIP, etc.), pode ser necessário espaço adicional de armazenamento alocado para lidar com esses dados.
        Como resultado, se você selecionar a opção de compactação e tiver dados não compactáveis no backup, isso poderá resultar em um aumento do uso de espaço em disco.

    • Nós ativos simultâneos:



      Defina o número máximo de tarefas simultâneas no repositório de dados
      :
      Sem Limite:
      Significa que todas as tarefas neste repositório de dados serão iniciadas imediatamente.

      Limitar a:
      Se refere a um valor de 1 a 9999, o qual indica quantas tarefas podem ser executadas de forma simultânea. Quando o número definido for excedido, a tarefa seguinte será alocada em uma fila, e somente será iniciada quando uma das tarefas anteriores tiver sido concluída, cancelada ou com falha.


      O número se aplica aos tipos de tarefas, mas não aos computadores protegidos (nós).
      Por exemplo, o número 5 indica que cinco tarefas de backup estão em execução.


      NOTAS:

      - Limitar a quantidade afeta apenas a tarefa de saída de replicação e não a tarefa de entrada de replicação
      .
      - Limitar a quantidade não afeta a restauração ou as tarefas de BMR. Essas tarefas não são colocadas em uma fila.

    • Criptografia de dados:



      Caso deseje habilitar a criptografia de dados, marque a opção "Criptografar dados" e defina uma senha para acesso aos mesmos. Será utilizada a criptografia AES-256 por padrão.

      IMPORTANTE:
      Não há um método de recuperação da senha utilizada para a criptografia, caso a mesma seja esquecida após o backup ser realizado, portanto salientamos a importância de cautela ao habilitar essa opção.

    • Remover a redundância de dados (desduplicação):



      Somente caso não deseje utilizar a tecnologia de desduplicação de dados, marque a opção "Remover redundância de dados".
      O Arcserve UDP suporta dois tipos de desduplicação, sendo as mesmas a desduplicação de origem e a desduplicação global.
      A desduplicação na origem impede que blocos de dados iguais sejam enviados ao servidor RPS, enviando somente um deles através da rede.
      A desduplicação global elimina os dados duplicados considerando todos os computadores protegidos (nós).

    • Destino dos dados:
      Defina a pasta de destino de dados, onde os blocos de dados reais serão salvos.
      A pasta deve estar em um disco/partição que tenha o maior espaço em disco livre possível, uma vez que lá serão armazenados os blocos originados no processo de backup.


      IMPORTANTE:
      A pasta selecionada para o destino de dados deve ser uma pasta vazia.

    • Destino do índice:
      Defina a pasta de destino do índice, onde os arquivos de índice serão salvos.
      Recomenda-se que essa pasta esteja localizada em um disco diferente das demais configuradas acima, para melhorar o processamento de redução de redundância (desduplicação).


      IMPORTANTE:
      A pasta selecionada para o destino de dados deve ser uma pasta vazia.

    • Destino de hash:
      Defina o caminho para armazenar o banco de dados de hash.

      IMPORTANTE:
      A pasta selecionada para armazenar o banco de dados de hash deve ser uma pasta vazia.


      • O destino de hash está em uma SSD:
        A utilização de um disco SSD (Solid State Drive – Unidade de Estado Sólido) de alta velocidade, pode aumentar a capacidade da desduplicação, especialmente quando existe menos memória RAM disponível.

    • Alocação de memória hash:
      Especifica a quantidade de memória física alocada para manter os hashes.


    • Tamanho do bloco da redução de redundância (desduplicação):
      Defina o tamanho do bloco de desduplicação. As opções são de 4 KB, 8 KB, 16 KB, 32 KB.
      O tamanho do bloco de desduplicação afeta a sua estimativa, uma vez que blocos de tamanhos maiores tendem a possuir um maior número de diferenças entre si, reduzindo o ganho de espaço em disco proveniente da desduplicação.
  6. Opcionalmente, você pode estimar os valores de requisitos mínimos de memória e armazenamento:



    Preencha as configurações conforme as necessidades do seu ambiente.
    No entanto, uma opção muito mais recomendada para efetuar este dimensionamento é a utilização da planilha de dimensionamento da Arcserve, disponível, cujo download e descrição de uso está descrita no artigo abaixo:

    Arcserve UDP: Dimensionamento de recursos
    http://suporte.m3corp.com.br/article/AA-00576

  7. Clique em salvar, para que as configurações sejam aplicadas.
  8. Após as configurações acima, o novo repositório de dados será criado e estará visível na console central:



  9. Clique no repositório de dados criado para visualizar os detalhes do mesmo, à direita na tela:




    Clique aqui para voltar a página inicial das documentações
Atenção!!!

Para maiores informações abra um chamado para a nossa equipe de suporte através do nosso painel de controle, para isso siga as instruções disponíveis no artigo abaixo:

Instruções para Suporte Técnico - M3Corp:
http://suporte.m3corp.com.br/article/AA-00283